sexta-feira, 16 de setembro de 2016


Em 1ª cúpula sem Reino Unido, UE discute imigração, nacionalismos e risco de fragmentação

BBCBRASIL.16/092016

Líderes de 27 países da União Europeia se reúnem nesta sexta-feira em busca de uma ampla reforma para garantir sua sobrevivência.
A cúpula, em Bratislava (Eslováquia), se dá em meio ao temor de ruptura generalizada, impulsionada pela ascensão dos partidos nacionalistas e após o plebiscito que aprovou da saída do Reino Unido do bloco.
O "Brexit" não estará na pauta do dia. A primeira-ministra britânica, Theresa May, não participará do encontro.
A agenda estará centrada no reforço das fronteiras externas da UE e novas promessas de estímulos a investimentos.
É cada vez mais palpável a desilusão dos europeus com a incapacidade do bloco de superar uma crise econômica que se arrasta desde 2008, de controlar o maior fluxo migratório desde a 2ª Guerra Mundial e de evitar atentados terroristas.
"As pessoas estão preocupadas com o que percebem como falta de controle e medos relacionados a imigração, terrorismo e globalização", observou recentemente o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Nenhum comentário:

Postar um comentário